domingo, 31 de maio de 2009

Eleições europeias

Video-notícia do Euronews:

Eleições europeias
30/05 20:33 CET
É um golpe de teatro por parte dos partidos conservadores eurocépticos: em plena campanha para as europeias os líderes dos partidos de centro-direita britânico, polaco e checo anunciaram hoje a intenção de criar um novo grupo anti-federalista no parlamento europeu.
(...)
Para Cameron, Bruxelas deve ser o motor do dinamismo económico e não um fardo para a economia. As pequenas empresas estão atrofiadas ao longo da Europa por causa das regras europeias. Precisamos de quebrar este ciclo para que as empresas possam crescer, criar empregos e riqueza para que possamos sair da recessão.
Cameron estará mesmo disposto a convocar um referendo ao tratado de Lisboa no Reino Unido caso vença as próximas legislativas (...)


Será dada finalmente voz àqueles que se opõem à entrada em vigor do infame tratado de Lisboa e ao verdadeiro bullying sobre a Irlanda para que vote a seu favor?
Se for mais do que teatro... aplaudo.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Vai compostar, malandro

Estou orgulhosíssima: a primeira consequência substancial do curso de agricultura biológica que frequentei é o novo compostador cá de casa (pois - é de plástico, mas o espaço é condicionado e sou fraca carpinteira).


(Hoje, no meu jardim)



E já tem muito material lá dentro.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Agapanto

Gosto muito de agapantos (na minha terra chamam-se Coroas de Henrique, mas não sei a que Henrique se referem).
Este vem com um gémeo - deve ser influência do Zodíaco.

(Hoje, no meu jardim)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Se eu tivesse paciência

ginger&fred
Ainda não percebi a quase unânime repulsa com que Santana Lopes é visto. Alguém um dia me há-de explicar porque é ele mais medonho que Guterres, Sócrates ou António Costa. Em Lisboa, o túnel do Marquês foi uma boa ideia e o Parque Mayer de Frank Gehry provavelmente também teria sido.
Se eu tivesse paciência lia o livro que escreveu sobre o seu governo, mas parece-me bastante mais longo que o tempo que esteve em funções.

(Ginger & Fred por F. Gehry, Praga, 2004)

Corrente de Desejos


Recebi este desafio e respectivo selo da Teresa do Ematejoca Azul.

1 – A pessoa selecionada deve fazer uma lista com oito coisas que gostaria de fazer antes de morrer;
2 - É necessário que se faça uma postagem relacionando estas oito coisas, não importando o que seja; é necessário que a pessoa explique as regras do jogo;
3 – Ao finalizar, devemos convidar oito parceiros de blogs;
4 – E finalmente, deixar se possível um comentário para quem nos convidou, e informar os convidados.

Oito coisas que gostaria de fazer antes de morrer? Eu sei lá! Assim de repente...

1. Ganhar o Euromilhões;
2. Emigrar;
3. Ver todas as pessoas de quem gosto felizes;
4. Emagrecer cinco quilos;
5. Publicar o meu livro;
6. Contribuir significativamente para melhorar as condições de um ou dois abrigos para animais;
7. Ouvir ópera nos lugares míticos como Bayreuth, Salzburg, Glyndebourne, Milão, etc;
8. Ser autarca de uma pequena comunidade.

Algumas são mais fáceis que outras...

Passo a corrente aos seguintes blogs:

A Senhora Sócrates
BlogOperatório
Eça é que é Essa
Funes, el memorioso
Juro que tenho mais que fazer
O Novo Mundo
pesporrente
Regabophe

A brilhar

Notícia do Expresso:

Invento português impede o enegrecimento da prata
O maior problema da indústria da ourivesaria pode estar a um passo de ser resolvido com uma nova invenção levada a cabo pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e o Instituto Pedro Nunes.
Alexandre Costa
22:23 Terça-feira, 26 de Mai de 2009

(...) A Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC) da Universidade de Coimbra anunciou ter criado, conjuntamente com o Instituto Pedro Nunes, um novo tipo de revestimento fino que impede o enegrecimento da prata, sem que esta perca as suas características.
(...)

Não sei se é o maior problema da indústria da ourivesaria, mas lá que é uma seca, isso é. Finalmente parece que vou ver resolvido o dilema entre habituar-me a ver as pratas com ar de chumbo ou passar horas a esfregá-las.
Definitivamente, gosto de coisas que poupam tempo nos trabalhos domésticos.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Contenham-no ou ele fala

Ouvi ontem, de passagem, no telejornal, o presidente da República dizer:

Durante todo este período eleitoral eu serei muito contido nas declarações.
Espero que a campanha decorra com serenidade, que seja uma campanha esclarecedora e que mobilize os portugueses para que no dia 7 de Junho não fiquem em casa, não vão para férias, não aproveitem os feriados que vêm a seguir e compareçam nos locais de voto e exerçam o seu direito cívico.

Vai ser contido, logo ele, um opinador tão brilhante. E oh! a subtileza com que lembrou aos portugueses que há alternativas bem mais agradáveis do que ir votar no primeiro domingo de Junho.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Canções da minha vida

Send in the Clowns, de Stephen Sondheim. Esta é uma interpretação menos conhecida, mas admirável, de Dame Judi Dench (retirado daqui):

video


Outras versões que vale a pena ver: Barbra Streisand, Glenn Close e Sumi Jo.

Modernices

Afinal desde quando é que os gatos abanam a cauda para demonstrar bem-estar?

(Albufeira, Maio 2009)

sábado, 23 de maio de 2009

O estranho caso da tortura virtual

Notícia do Telegraph:

Madeleine McCann police chief found guilty of falsifying evidence
The former Portuguese police chief who accused the parents of Madeleine McCann of involvement in her disappearance, has been found guilty of falsifying evidence in another missing child case.
By John Bingham
Last Updated: 8:51AM BST 23 May 2009

(...)
Mr Amaral has now been convicted of falsifying evidence to help cover up for three of his officers who were accused of torture.
He stood trial in relation to the investigation into the disappearance of eight-year-old Joana Cipriano from a village near Praia da Luz in 2004.
(...)
Three inspectors – Leonel Marques, Pereira Cristovao and Paulo Marques Bom – were cleared of torture after a seven-month trial at Faro Court in the Algarve.
The jury nevertheless found Mr Amaral guilty of falsifying documents to help cover for them.
(...)


Notícia do Observatório do Algarve:

Marinho Pinto "satisfeito" com condenação de Gonçalo Amaral e António Cardoso
23-05-2009 16:23:00
(...)
"Infelizmente é mais um crime hediondo que fica impune", afirmou o bastonário, sublinhando que "a sentença deu como provada a existência de tortura nas instalações da Polícia, mas infelizmente não se identificaram os autores".
(...)
O acórdão lido sexta-feira no Tribunal de Faro, determinou a condenação de Gonçalo Amaral - ex-coordenador do Departamento de Investigação Criminal da PJ de Portimão - por falsidade de depoimento, e de António Nunes Cardoso por falsificação de documento.
Este julgamento envolveu cinco inspectores e ex-inspectores da PJ, sendo que Leonel Marques, Paulo Pereira Cristóvão e Paulo Marques Bom foram absolvidos dos crimes de tortura, de que estavam acusados.
(...)


Ou seja: houve tortura mas os inspectores não torturaram e Gonçalo Amaral foi condenado por encobrir a tortura.
A lei portuguesa é mesmo tortuosa.

Miniatura

Hoje, numa loja que vende rações e artigos para animais, uma mulher nova, brasileira, hesitava entre dois peitorais para cão.
Vendedor: Qual é o tamanho dele?
Cliente: É miniatura.
Vendedor: Então esse peitoral vai ficar muito grande.
Cliente: Ah, mas ele vai crescer, não é mesmo?

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Jeito nulo

Notícia do Público:

Eleições Europeias
Ferreira Leite dá "graças a Deus" porque passou a era dos comícios
21.05.2009 - 14h36 Lusa
(...)
Comentando a ideia defendida pelo cabeça-de-lista do PSD, Paulo Rangel, de que (...) iniciativas como os comícios perderam importância, Manuela Ferreira Leite declarou-se agradecida por essa mudança.
"(...) Acho que o jeito que eu tinha para fazer um comício era nulo. Graças a Deus que passou a era dos comícios", observou.
(...)
"Eu, por exemplo, estou absolutamente convencida de que os cartazes nunca conseguem um voto, mas provavelmente perder-se-iam milhares de votos se não houvesse os cartazes. Aí todos somos subjugados e lá pomos os cartazes. (...)"
(...)


Ah pois é. E MFL também tem jeito nulo para cartazes. E para campanhas eleitorais. E para política. E para ministra das finanças. E da educação. E, provavelmente, para primeira-ministra.
Valha-nos Deus.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Massacre no Egipto

Notícia do Expresso:

Vídeo: Porcos abatidos à bastonada no Egipto
É um espectáculo degradante. Centenas de porcos mortos com barras de ferro numa exploração, em plena cidade do Cairo. Ainda que não registe um único caso de gripe A, o governo egípcio ordenou a matança de 250.000 porcos. O método seguido está a chocar a opinião pública.
AFP e Lusa
17:39 Terça-feira, 19 de Mai de 2009

(...)
Ainda que nenhum caso da doença tenha sido detectado no país e a Organização Mundial de Saúde ainda não tenha registado nenhum caso de contágio directo entre um animal e um ser humano, já foram abatidos 69.000 porcos.


Afinal enganei-me quando esperei que o bom-senso prevalecesse. Um dos comentadores no Expresso (Miranda07) fala em acto absolutamente discriminatório, e cobardemente tal, contra as comunidades cristãs no país, sobretudo copta. É possível que esteja aí a verdadeira razão do massacre, mas nada justifica a crueldade com que está a ser praticado.
Aviso que não vi o vídeo. Já não sou capaz.

Lisboa Restaurant Week

Só uma nota para me lembrar, caso ainda vá a Lisboa antes do fim do mês, que uma série de restaurantes interessantes estará a oferecer menus a um preço fixo de 20€.

A notícia é do Sol e a imagem do Sabores

terça-feira, 19 de maio de 2009

À primeira qualquer cai

Esta canção já tem pr'aí dez anos mas só hoje a descobri. Às vezes música de preto é o que faz falta para alegrar o corpo, apesar de a letra não ser particularmente alegre.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Casas deci - mais

Já nem comento o ridículo de se avisar com oito quilómetros de antecedência que haverá painéis com os preços dos combustíveis, como bem referia há um ou dois dias já não sei que blog, nem a coincidência de preços que não indicia, oh não, cartelização.

(A22, Maio 2009)

A pergunta que faço é: se a divisão mais pequena do euro é o cent(és)imo, porque apregoam as gasolineiras os seus preços em milésimos?

domingo, 17 de maio de 2009

Curtir Mussorgsky

Entrou muito direito, elegante, jovem, agradeceu, sentou-se ao piano. O alinhamento era significativo: o Nocturno op. 9 nº2 de Chopin foi para descontrair, as quatro Mazurkas para aquecer (ou adormecer, segundo alguns) e o concerto só tomou asas a partir da canção de Robert Schumann.

Na última peça da primeira parte, a Grande polonaise brillante, o intérprete entusiasmou-se finalmente, e deu-nos uma previsão da segunda parte, os Pictures at an Exhibition de Mussorgsky tocados com alma e brio, arrancando equivalentes aplausos à assistência.

No dizer do Paulo, ele gosta de martelar o piano, mas martela muitíssimo bem. Concordei. Um dia destes hei-de procurar qualquer coisa de Mozart tocada por ele, se existir, para tentar perceber se a mão é sempre assim pesada ou se são os sentimentalismos de Chopin que já lhe enchem a paciência.

Foi assim no sábado o recital de Yundi Li na Gulbenkian.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Vitrine de selos

A Teresa tem andado a encher-me destes mimos, e para já, para já, este post vai servir de exposição dos mesmos.

Obrigada, Teresa!

12 de Maio

28 de Abril

24 de Abril

22 de Abril

15 de Abril

15 de Abril

Espero não ter falhado nenhum.

Esta vida de marinheiro

Notícia do Sol:

5a-feira, 14 Maio 2009
Dois acusados
Esquema de corrupção nas cartas de marinheiro
Por Luís Rosa
Um negócio fraudulento nas licenças que habilitam a dirigir embarcações de recreio levou o DIAP de Lisboa a acusar um funcionário do Estado e um formador de uma escola de navegação. A troco de 700 euros, eram fornecidos aos candidatos a marinheiro as respostas do exame teórico
(...)


O que é interessante é que quando há três anos fiz o curso para patrão local (que é o que se segue ao de marinheiro, e antecede o de patrão de costa), o pessoal, quase todo constituído por pescadores, dizia saber que indo a uma capitania perto de Lisboa voltaria no dia seguinte com a carta na mão. E no entanto nem um único lá foi, preferindo seguir as aulas e submeter-se ao exame, o que para alguns, quase analfabetos, não foi fácil.

Nem todos os portugueses são corruptos.

Arquitecto rima com projecto

Notícia do Público:

Luta de mais de 35 anos
Só os arquitectos passam a poder assinar projectos
14.05.2009 - 07h53 Alexandra Prado Coelho
Uma longa luta, de mais de 35 anos, dos arquitectos portugueses chegou ontem ao fim: o decreto 73-73, que permite o exercício da arquitectura a profissionais sem a qualificação necessária para isso, vai ser revogado. A proposta de lei 116/10 foi aprovada na comissão parlamentar de Obras Públicas e será votada amanhã pela Assembleia da República.
(...)


Boa. Com todos os defeitos que os arquitectos possam ter, houvesse isto acontecido uns anos mais cedo e ter-se-iam evitado estes vómitos.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

EU Profiler

Para quem não sabe bem onde votar nas eleições europeias, este site é uma espécie de teste psico-técnico (via Dr.Eng.º).

É divertido e um tanto surpreendente.

Imagem daqui (where else?)

Tabaibeiras

Assim se chama na minha terra (sim, eu também não nasci onde vivo hoje) às Figueiras-da-Índia.

Lindas, não são?

figueira-da-india

Opuntia ficus-indica
(Albufeira, Maio 2009)

O frio de Abril

Notícia do Instituto de Meteorologia:

Abril com temperatura mínima mais baixa dos últimos 23 anos
2009-05-06 (IM)
Abril, em Portugal continental, caracterizou-se como um mês mais frio que o normal, particularmente no que respeita à temperatura mínima do ar, cujo valor médio foi de 6.6ºC, o que representa uma anomalia de –1.5ºC em relação ao valor normal de 1971-2000 e corresponde ao 3º valor mais baixo desde 1931 (valores mais baixos: 5.4ºC em 1986 e 5.9ºC em 1932).
(...)


Assim vai o aquecimento global.

terça-feira, 12 de maio de 2009

O Papa em Israel

A propósito da visita do Papa Bento XVI ao Médio Oriente, parece-me correcto o ponto de vista de Oliver Kamm:

Contrary to a perplexingly widespread belief, the reason that Israeli-Palestinian peace efforts have so proved unavailing is not that there are too few foreign dignitaries meddling in them.

Não concordo necessariamente com o resto do artigo.

Por outro lado

O que quer que esta seja, está linda de morrer.

(Faro, Maio 2009)

A prova

A prova de que há crise é que até os jacarandás algarvios, finalmente em flor, parecem um bocado enfezados.

jacarandá

(Faro, Maio 2009)

segunda-feira, 11 de maio de 2009

E por falar em porcos

E já que se fala de porcos (obrigada, Paulo)...

(Albufeira, Maio 2009)

... fiquei a pensar se este fiambre teria sido feito a partir da quinta pata de algum porco do Entroncamento.

domingo, 10 de maio de 2009

Eu nem queria acreditar

Notícia do Jornal de Notícias (via Eça é que é essa!):

10 Maio 2009
Elisa Ferreira: "Sinceramente eu quero vir para o Porto"
Ontem
HERMANA CRUZ

Elisa Ferreira diz que tudo fará para que o Porto seja uma cidade onde as pessoas se sintam bem. Apela a uma grande mobilização em torno da sua candidatura. E promete que só vai ao Parlamento Europeu "dar o nome".
(...)
(...) Elisa não resiste mandar algumas indirectas a Rui Rio. "Pintaram os bairros, mas esqueceram-se de vos dizer que o dinheiro é do Estado, é do PS", diz.(...)

Disse e repito: quando penso que já nada me surpreende, engano-me. Que lata é esta, de uma candidata a dois lugares em simultâneo, e que diz na campanha autárquica que só vai "dar o nome" na outra? Pode presumir-se que dirá o contrário na campanha europeia?
Que lata é esta de uma dirigente do PS que confunde o Estado com o partido?

E vai haver quem vote nela!!!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Terreiro do Paço

Notícia do Expresso:

Como vai ser o Terreiro do Paço
A proposta de espaço público para a Praça do Comércio está em apreciação na Câmara de Lisboa.
Paulo Paixão
14:59 Sexta-feira, 8 de Mai de 2009

[Ver clip]

Em apreciação por quem, pergunto eu? O pessoal pode fazer sugestões? É que eu gostava de lá ver árvores, se fosse possível, e incomodava-me menos o trânsito nos três lados de terra do que no lado do rio.

Saindo de Albufeira


(Valparaíso, Albufeira, Maio 2009)

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Três medidas a agourar

Notícia do Expresso:

Imprensa internacional: Britânicos poderão trabalhar até aos 70 anos para equilibrar contas públicas
(...)
Margarida Mota
12:58 Quarta-feira, 6 de Mai de 2009

"Os britânicos terão de trabalhar até aos 70 anos, pelo menos cinco anos mais para além da actual idade de reforma, se o Governo quiser ter a mínima esperança de controlar a dívida pública na próxima década", diz um relatório do National Institute for Economic and Social Research do Reino Unido, citado pelo "The Telegraph". Segundo este jornal, esta é uma de três medidas drásticas que o Governo de Gordon Brown poderá adoptar para tentar contrariar a crise económica no país.

Claro. As três medidas são aumentar impostos, diminuir a despesa pública, aumentar a idade da reforma. Segundo o mesmo artigo do Telegraph, the Institute for Fiscal Studies calculated that it could take until 2032 for the country to pay debts incurred in the current crisis.

Só espero que o inglês técnico não seja suficiente para o sr. Sousa ler jornais estrangeiros.

Anda um porco muito sossegado

Notícia do Sol:

4a-feira, 6 Maio 2009
Hoje Gripe H1N1

Único porco existente no Afeganistão está de quarentena
O único porco de existência conhecida no Afeganistão foi encerrado numa sala, longe dos visitantes do jardim zoológico de Cabul, onde vivia a pastar junto de carneiros e cabras, porque os visitantes do zoo estão preocupados com a possibilidade de poderem ser infectado com gripe A
(...) Não há quintas com porcos no Afeganistão e não há voos civis directos entre Cabul e o México.
«Entendemos isso, mas a maioria das pessoas não tem conhecimento suficiente. Quando vêem o porco na jaula preocupam-se e acreditam que podem ficar doentes».


É mais fácil isolar o pobre porco do que ensinar os ignorantes. Entendo: às vezes também sinto isso. E pelo menos os afegãos ainda não pediram a morte do porco. Alá é grande.

Ar condicionado ligado


(Hospital de Faro, Maio 2009)

domingo, 3 de maio de 2009

Coisas que aprendi com a minha mãe

gato
A minha mãe é linda. A minha mãe é inteligente e rápida. A minha mãe fez as maiores asneiras e ainda hoje as faz. A minha mãe luta. A minha mãe só se resigna temporariamente, mas nunca desiste. A minha mãe resiste. A minha mãe tem imensa paciência. A minha mãe não tem paciência. A minha mãe ama. A minha mãe zanga-se. A minha mãe sabe dar. A minha mãe sabe aceitar. A minha mãe está sempre disposta a aprender. A minha mãe gosta de coisas doces. A minha mãe conta histórias. A minha mãe conta as mesmas histórias e parecem novas. A minha mãe detesta cozinhar. A minha mãe gosta do pôr-do-sol. A minha mãe adora ler. A minha mãe deixou de fumar há dois anos porque o seu amor lhe pediu. A minha mãe gosta de andar a pé. A minha mãe sabe lindamente usar o computador. A minha mãe escreve poesia. A minha mãe discute opiniões mas não convicções. A minha mãe foi uma excelente profissional. A minha mãe reformou-se. A minha mãe olha para trás e anda para a frente. A minha mãe ri. A minha mãe é única.

(Cacela-a-Velha, Janeiro 2009)

sábado, 2 de maio de 2009

A namorada de...

Notícia do Sol:

Sábado, 2 Maio 2009
30 ABR 09 Processo disciplinar

Fernanda Câncio apresenta queixa contra jornalista por ter sido referida como ‘a namorada de…’
A jornalista Fernanda Câncio apresentou uma queixa à Comissão da Carteira Profissional de Jornalistas contra um jornalista do Correio da Manhã por este se ter referido a ela como «a namorada de…», escreve hoje o CM
(...)
Outros jornalistas de outras publicações foram também acusados e a Comissão da Carteira já abriu um «procedimento disciplinar», afirmando que o comportamento dos jornalistas pode ter violado um artigo do Estatuto do Jornalista que defende «preservar, salvo razões de incontestável interesse público, a reserva na intimidade, bem como respeitar a privacidade de acordo com a natureza do caso e a condição das pessoas».


Se a jornalista em questão não abrisse a boca acerca das notícias que envolvem o namorado, se o próprio namoro não tivesse sido uma notícia em resposta a comentários sobre a vida sexual/sentimental do namorado, talvez ela pudesse invocar o respeito da privacidade. Sendo as coisas o que são, parece-me que é de incontestável interesse público que se saiba o que pode motivar as suas posições.

Desaparecidos

Notícia do Sol (via 31 da Armada):

Sábado, 2 Maio 2009
Ontem Edifício Heron Castilho

Documentos da casa de mãe de Sócrates perderam-se no notário
Por Felícia Cabrita
O Ministério Público (MP) recebeu esta semana uma participação da Ordem dos Notários, que dá conta do desaparecimento dos documentos que suportavam a escritura notarial e identificavam a empresa offshore que vendeu o apartamento no Heron Castilho, em Lisboa, a Maria Adelaide Carvalho Monteiro, mãe do primeiro-ministro

E costuma a minha mãe dizer que estas coisas não têm pezinhos para fugir...

Papageno

Consta-me que o Paulo tem andado assombrado com uma ária de Papageno.

Para seu deleite, aqui vai uma amostra do concerto que oiço cá em casa de manhã e ao fim do dia (clicar no nome do passarinho para ouvir).

pardal pardal (passer domesticus)

melro melro (turdus merula)

andorinha andorinha (delichon urbica)



rola turca rola (streptopelia decaocto)

gaivotas gaivota (larus argentatus)




Sons daqui (pardais), daqui (rolas) e daqui (restantes)

Fotos minhas excepto a rola que é daqui

Direitos de autor

Tenho sempre pena quando um blog de que gosto acaba. Alguns acabam porque quem os escreve está farto, não tem mais para dizer neles e os encerra formalmente; outros nunca fecham mas vão ficando silenciosos; O Mundo Perfeito contudo acabou por revolta, por dor, porque a Isabela o sentiu violado.

Tenho como adquirido que a atribuição da autoria é um ponto ético fundamental não só na blogosfera como na vida real. Para além disso, quando se usa uma obra de alguém para provar alguma coisa deveria ser evidente que o autor da obra não é responsável pelo uso que se está a fazer dela nem pelas conclusões que dela se está a tirar.

No caso da Isabela, cujos textos vão muitas vezes buscar emoções muito íntimas e assim provocam o leitor a confrontar-se com o seu lado menos luminoso, alguém retirou um post do contexto que ela tinha estado a construir para o pôr noutro sem sequer o comentar, como se ali pertencesse, permitindo uma interpretação errónea da intenção da autora.

Não sei como me sentiria se fosse comigo, mas acho que sei como a Isabela se sentiu. Espero nunca fazer/nunca ter feito nada que possa ser tido como um desvirtuar do pensamento de um/a autor/a que respeite.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Efeito dominó

A crise económica não se nota mais em Portugal possivelmente devido à capacidade de moribundez prolongada das empresas que o Álvaro aponta no seu livro - por outras palavras, claro.

Neste momento há muitas empresas sem dinheiro, endividadas, com salários em atraso, e que deixaram de pagar aos fornecedores. Como é que estes sobrevivem ultrapassa-me: deve ser endividando-se eles próprios, deixando salários em atraso, etc. Parece claro que quem não tem dinheiro devia fechar as portas: no sistema actual, vai estando por aqui, fazendo até concorrência a quem ainda tem uma tesouraria funcionante, e deixando clientes, empregados e credores amarrados à esperança de que algum dia, por milagre, as coisas mudem.

Foto daqui

Na realidade, e se a lógica não for uma batata, pode-se prever que mais tarde ou mais cedo, se calhar mais tarde porque em Portugal tudo acontece com atraso, o sistema não aguente mais e se desmorone num efeito dominó. Aí as estatísticas vão falar verdade.