segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Barry, John Barry

Morreu John Barry, o compositor responsável pelo tema dos filmes de James Bond mas igualmente da banda sonora de muitos outros filmes marcantes como Out of Africa ou Indecent Proposal, o filme em que Robert Redford oferece um milhão de dólares a Demi Moore para passar uma noite com ele, o que provavelmente naquela época muitas mulheres fariam com prazer se ele não as insultasse oferecendo-lhes dinheiro.

sábado, 29 de janeiro de 2011

Números

Notícia do Público:

Sócrates quer modernizar e adaptar hospitais às exigências do país
29.01.2011 - 19:24 Por Lusa
O Governo quer “modernizar e adaptar os hospitais às exigências do país” de forma a melhorar a qualidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS). O objectivo foi firmado hoje pelo primeiro-ministro, durante uma visita ao novo hospital de Braga.
(...)
A nova unidade hospitalar, que irá substituir o Hospital de S. Marcos, tem uma área bruta de 102.400 metros quadrados, uma área “equivalente a 13 estádios de futebol”, segundo explicou à Lusa fonte na empresa construtora. Vai ter 45 blocos operatórios, 704 camas e dois mil lugares de estacionamento, além de uma farmácia e um heliporto.
(...)


Nunca conheci um hospital que tivesse quarenta e cinco blocos operatórios. Não faço ideia onde irá o novo hospital encontrar equipas para trabalharem em todos eles. Só se for nas Novas Oportunidades, e assim sendo em breve acabarão as listas de espera cirúrgicas deste país.

De uma maneira ou de outra.

O mar numa garrafa

peixe-leão
No fim-de-semana passado visitei o Oceanário de Lisboa, onde nunca tinha ido. Aliás a minha experiência de aquários é muito limitada: fui duas vezes ao Aquário Vasco da Gama, a primeira quando era miúda, e uma vez ao Polaria de Tromsø, na Noruega. Adorei o Vasco da Gama, o Polaria achei pouco pelo preço. O Zoomarine de Albufeira é mais e menos que um aquário e não conta para a estatística.

raias
Sei contudo que há muitos, alguns deles célebres e bem grandes, e que é só a nossa mania de que fazemos maior e melhor do que os outros que nos leva a julgar que o Oceanário é único.

lontra
Não é com certeza, não pode ser - mas deve ser tão fascinante como qualquer outro, e igualmente merecedor de visita, e ali passei duas horas, arregalada e feliz como uma criança, diante dos tubarões, das raias, das rãs e das lontras, e dos fundos coloridos do Índico onde nadam os incontornáveis peixes-palhaço que alegraram a infância dos meus sobrinhos.

peixe-palhaço

(Lisboa, Janeiro 2011)

domingo, 23 de janeiro de 2011

Eleição: fim

Já houve tempo em que votei por ou contra. E tempo em que votei para não prescindir do direito de votar.
Agora nem isso: abstenho-me porque recuso o sistema vigente, em que os eleitos deixaram de representar quem os elegeu.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Reflexão eleitoral

Se os votos nulos e brancos são completamente indiferentes numa eleição presidencial, concluo que só a abstenção pode causar algum incómodo.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Canções da minha vida

Não sei bem porquê, nesta altura de conflito entre o que sonhamos e o que podemos ter, lembrei-me desta canção que tanto ouvi e tanto me emocionou:


Cat Stevens converteu-se em Yusuf Islam e perdi-lhe o rasto, mas nada como a Web para descobrir como têm vivido os nossos velhos ídolos.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Espreitar Joyce

Até 25 de Janeiro, data do lançamento oficial nos Estados Unidos, pode ouvir-se aqui o novíssimo cd de Joyce DiDonato, Diva~Divo. Para escutar já já uma das melhores cantoras da actualidade.

video

Re-rite em Lisboa

Muito bom o site do MUDE e muito atraente a sua nova casa na Rua Augusta em Lisboa. A instalação re-rite é um apetite para quem gosta de música e de multimédia. Não tem tanto de inter-activo como dizem mas sim de imersão, naipe a naipe, no som e na imagem de uma orquestra, no caso a Philarmonia de Londres, conduzida por Esa-Pekka Salonen.

Espraia-se por várias salas, com a partitura sempre disponível, e a certa altura o espectador vê-se sentado ao lado dos músicos - sentindo-se um bocadinho estúpido por não ter também uma trompa nas mãos. Os únicos instrumentos disponíveis para utilização são as percussões, mas também se pode brincar aos regentes de orquestra ou aos engenheiros de som, e ao longo de todo o percurso há funcionários muito simpáticos e solícitos.

A instalação só ali fica até 23 de Janeiro. De passagem vejam-se no andar de baixo uns trapinhos criados por José António Tenente.

Aqui fica então um fragmento da Sagração da Primavera pela Philarmonia Orchestra com o maestro Salonen.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Confiança

Confia-se numa pessoa por uma de duas razões: ou porque ela não mente ou porque nós não mentimos.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Sempre a perder

As Wolfgang Munchau wrote in the FT on Monday, the essential problem is that Spain and other Club Med states cannot both deflate to regain lost competitiveness within EMU and at the same grow fast enough to control debt dynamics. They can do one or the other, but not both at the same time.

Ambrose Evans-Pritchard, The dam breaks in Portugal, The Telegraph, Economics, January 11th, 2011

Momento de felicidade

Gotas que ficam quando finalmente acabou de chover.

(Faro, Janeiro 2010)

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Ao assalto!

Nunca até hoje tinha ouvido falar sequer dos Olsen Banden, mas ei-los aqui, trazidos por email, numa cena hilariante que tem de ser vista até ao fim:

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Uma espécie de tweet

Não sei o que dá mais trabalho: fazer as decorações natalícias ou desfazê-las.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Pais sem filhos

Notícia do Diário de Notícias:

Chineses que não visitem pais idosos serão castigados
por DN.pt Hoje
REVISTA DE IMPRENSA

A China é um dos países onde a percentagem de idosos na população total mais vai crescer. O governo central vai aprovar uma lei que punirá os filhos adultos que não visitem os pais regularmente.
(...)

É triste que o abandono dos velhos tenha de ser encarado e punido por este tipo de lei, que é como um remédio que baixa a febre mas não cura a doença. É triste e não é só na China que nos deparamos com este problema, sobre o qual já escrevi aqui e de que deu testemunho também recentemente o Zé do Telhado.

Paranóia

Notícia do Público:

Arábia Saudita deteve grifo israelita por espionagem
06.01.2011 - 12:48 Por Helena Geraldes
(...)
O grifo (Gyps fulvus) foi encontrado há uns dias em território saudita (...) O animal tinha uma anilha e um transmissor GPS com o nome da Universidade de Telavive, o que motivou rumores de que fazia parte de uma estratégia sionista.(...)
As autoridades israelitas dizem-se surpreendidas e rejeitam essas acusações, manifestando preocupação com o destino do animal. “O dispositivo não faz mais do que receber e armazenar dados básicos sobre as trajectórias do animal, sobre a altitude e velocidade que alcança”, explicou um ornitólogo da Autoridade israelita dos Parques e Natureza (...)


Parece elementar que um grifo espião não trouxesse um transmissor identificado. Mas o medo altera a percepção das coisas, se calhar o ódio também, e duvido que no Médio Oriente se distinga sequer o medo do ódio.

Coitado do passarinho.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

O máximo

Notícia do Diário de Notícias:

Gasolina e gasóleo ao preço mais alto desde Julho de 2008
Ontem
combustíveis Ano novo, preços mais caros. Que o digam os condutores que ontem precisaram de abastecer os automóveis e se aperceberam de que a gasolina já ultrapassou a barreira dos 1,5 euros por litro e se aproxima, perigosamente, do máximo histórico que os portugueses tiveram de pagar na semana de 11 de Julho de 2008: 1,525 euros por litro de gasolina 95. Ontem, nos postos BP, o preço era já de 1,514 euros, mais 16,5% do que o preço médio em Janeiro de 2010.
(...)

Hoje na Galp da via do Infante a gasolina 95 custava 1,522 euros por litro, uma diferença insignificante em relação ao tal máximo histórico. A grande diferença é que em Julho de 2008 o barril de petróleo custava 141 dólares, e agora está nos 95 dólares, ou seja, 33% abaixo.

Alô? Está alguém aí?

sábado, 1 de janeiro de 2011

Para começar bem o ano Parte IV

Possivelmente a única forma de sobrevivermos este ano:

Para começar bem o ano Parte III

Parece um prado mas é somente um recanto do meu jardim, em que hoje as azedas floriram pela primeira vez este inverno, talvez anunciando o regresso do sol.

(Albufeira, Janeiro 2011)

Para começar bem o ano Parte II

Sabe-se que um hotel é verdadeiramente amigo dos animais quando até um gato sem dono lá encontra um bom local para dormir.

(Albufeira, Janeiro 2011)

Para começar bem o ano

A notícia soube-se ontem no Facebook: num comunicado muito ameno, a Ensitel informou que retirava a acção judicial contra a Jonas. Fez bem. É natural que qualquer um se indigne quando a sua reputação está em jogo, mas as empresas têm de ter uma estratégia que não aliene os consumidores e não passe por os impedir de exprimir o seu descontentamento.