domingo, 31 de Agosto de 2014

Debata-se

Notícia do DN:

PRIMÁRIAS
Campanha de Seguro congratula-se por debates
por Lusa   29 agosto 2014
A candidatura de António José Seguro às primárias do PS congratulou-se hoje por "finalmente" haver um acordo para os debates televisivos com António Costa (...)
(...)Os debates televisivos entre os dois candidatos às primárias do PS, António José Seguro e António Costa, vão realizar-se nos dias 09, 10 e 23 de setembro, segundo fonte da comissão eleitoral do sufrágio.
(...)


E pergunto eu: esta vai ser a nova moda, aturarmos debates televisivos entre candidatos à direcção dos vários partidos políticos? E logo três? Entre apenas dois candidatos? Vai ser igual para o Partido Livre, por exemplo? Ou só para partidos com assento parlamentar? Ou é só entre (candidatos a) candidatos a primeiro-ministro? Ou é o número de debates que varia? Quantos debates entre (candidatos a) candidatos a presidente do governo de uma região autónoma?

Comem todos ou há moralidade?

quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

As retretes dos Romanos

Notícia do DN:

INGLATERRA
Primeiro assento de retrete feito em madeira descoberto
por Lusa Ontem 7 comentários
Arqueólogos britânicos anunciaram hoje a descoberta num antigo acampamento militar romano em Northumberland, no Norte de Inglaterra, do primeiro assento de uma retrete feito em madeira conhedido, que foi preservado por quase dois mil anos.
(...)

Ora ainda bem que descobriram isto. Latrinas comuns é uma coisa, rabiosque na pedra fria é outra. Um dia hão-de dar-me razão sobre o piaçaba.

Por um punhado de bambu

Quem me mandou a mim ler hoje o DN online e seguir esta notícia até ao fim?
Depois de defrontar a extraordinária capacidade de uma panda produzir voluntariamente alterações hormonais, e a confusão de uma panda com falta de apetite se vender por mais pão, fruta e bambu, fiquei ainda mais alarmada por poderem apresentar sintomas de gravidez no período pró-gestacional e mantê-los.

Já tinha ouvido falar de falsas gravidezes de cadelinhas, por exemplo, mas involuntárias. As pandas chinesas pareciam ter levado a coisa a um extremo de sofisticação.

Tive de ir à fonte, obviamente, e aí a história é mais normal: são alterações hormonais (um aumento da progesterona) que modificam o comportamento das pandas, e não o contrário, ainda que elas possam tentar prolongar um comportamento que lhes traz vantagem.

Vá você

Desta vez o pessoal não se deixou intimidar pelo nome de mais um vulcão islandês e transformou um assustador Bárðarbunga numa coisa muito mais familiar: Bardabunga.
Não sei de quem foi a ideia, mas faz lembrar o sr. Berlusconi, não faz?

domingo, 17 de Agosto de 2014

Há um outro Algarve...

... na Costa Vicentina.

(Ponta da Atalaia, Agosto 2014)


Tem até vestígios de ocupação islâmica:

(Ribat da Arrifana, Agosto 2014)


As praias são atlânticas. Ah pois.

(Praia da Amoreira, Agosto 2014)

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

Berlim tem a Waldbühne...

... e Albufeira tem a marina. Os ensaios começam pela hora do almoço e os eventos vão até à meia-noite, com licença camarária para os decibéis que quiserem.

video

Mas porque não vou eu de férias em Agosto?

domingo, 27 de Julho de 2014

O tamanho do mundo

A violência contra os mais vulneráveis não tem fim, pelo contrário, parece adquirir a cada dia mais crueldade. Na segunda década do século XXI, quando a informação chega aos confins do mundo, a tortura, a violação, a mutilação e a morte continuam a ser afirmações de poder de energúmenos ignorantes.

As notícias que de vez em quando explodem são a espuma que sobrenada práticas continuadas. Os países onde essas práticas parecem ser normais vão desaparecendo do mapa do meu desejo. Provavelmente nunca visitarei o Iraque nem o Irão, nem qualquer país do Médio Oriente; parecem-me vedadas a África quase toda e uma boa parte da Ásia. Até pedaços de céu são inseguros.

Dei por mim a pensar, ainda bem que fui a tal país, porque agora não iria lá, ainda bem que fui a este e àquele, porque agora estão fora do meu horizonte.

O mundo, para mim, está a ficar muito pequeno.

sexta-feira, 11 de Julho de 2014

Árvores dos pompons

De vez em quando árvores em que nunca tinha reparado resolvem florir.

(Praia do Lourenço, Julho 2014)

Andei a pesquisar e parece-me que são Metrosideros robustas como as do blogue Dias com Árvores. São originárias da Nova Zelândia, parentes das árvores dos escovilhões, e as flores devem ser muito doces porque ao fim da tarde as abelhas não as largavam.

terça-feira, 8 de Julho de 2014

Goleados

A selecção portuguesa de futebol bem podia convidar a selecção brasileira para um jogo amigável de comiseração.

quinta-feira, 3 de Julho de 2014

Château d'Amboise

Amboise, à beira do Loire, tem origem galo-romana, cresceu em importância a partir da idade média nas guerras entre os senhores feudais e o rei de França, e o seu castelo foi residência real, durante temporadas mais ou menos longas, desde que Charles VII o confiscou (outra vez ele!) até ao reinado de Louis XIV.


Ao longo da sua história o castelo sofreu muitas alterações, acrescentos e destruições. As duas alas da residência são de épocas sucessivas: à esquerda, o estilo é gótico, à direita, renascentista.


A capela de Saint Hubert foi o verdadeiro objectivo da minha visita.


(Amboise, Junho 2014)

Mais precisamente o seu interior: é lá que está sepultado Leonardo da Vinci, que viveu em Amboise, a convite do rei François I, os últimos anos da sua vida.