sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Figurante / Extra

In English after the break

Foi através do blogue Fanáticos da Ópera que soube que uma produtora cinematográfica precisava de figurantes para um sábado à tarde e dava em troca a possibilidade de assistir alguns dias depois às filmagens em que participaria Jonas Kaufmann. Apesar de toda a gente me dizer que seria uma seca, resolvi inscrever-me.

Foi realmente uma experiência única. Nem devo aparecer de forma reconhecível em qualquer fotograma, já que a minha missão foi simplesmente ajudar a compor a sala do S. Carlos de maneira a parecer cheia. A maior parte do tempo fiquei num camarote, com uma excelente vista geral sobre o que se passava no palco (onde estava a produção) e no auditório. E a maior parte do tempo não se passava nada: suponho que nos bastidores se organizava os planos.



Mesmo na terça-feira, em que se filmou a cena do duelo entre Kaufmann e John Malkovich (veja-se aqui a apresentação da konzeptopera em que se baseia o filme, The Giacomo Variations), entre os diversos takes até Malkovich sofria de tédio - e de uma grande dor de cabeça.

Em todo o caso, aumentei a minha cultura, diversifiquei o meu currículo ;-) e passei umas horas no S. Carlos, onda não pensava voltar tão cedo. No sábado foi servido jantar, uma espécie de ração de combate:



Felizmente na Pastelaria Bénard, bem pertinho, pode-se contar com um bom pastel de nata.

O melhor de ambas as sessões foi ouvir a Orchester Wiener Akademie, sob a direcção do maestro Martin Haselböck, tocar Mozart.



Quanto a Kaufmann, cantou maravilhosamente mas para os microfones, ou seja, ouvia-se pouco na sala. Em contrapartida, estava um regalo para os olhos, de rabo de cavalo, calças e botas de montar e camisa branca semiaberta. Nessa noite as fotos estavam proibidas, mas como resistir à tentação?

(Lisboa, Agosto 2013) 



I read it in the blog Fanáticos da Ópera: a film production company needed some extras for a saturday afternoon and in exchange offered the chance to watch, a few days later, Jonas Kaufmann on the set. So I applied, even though everybody warned me of how boring it would be.

It probably was a unique experience. I don't think anyone will see me on the screen: my mission was just to help make the theater look full. Most of the time I stayed in a lodge, with an excellent view of what was happening. Most of the time, nothing much was.
Eventually, on tuesday, between takes of the duel scene with Kaufmann (see here excerpts of the konzeptopera on which the movie, The Giacomo Variations, is based), even John Malkovich looked bored - he also looked like he had a huge headache.

Anyway, I increased my general knowledge and my résumé ;-) and spent a few hours at our national opera theater. On saturday dinner was served. Combat rations, rather; luckily, there are great pasteis de nata at a café nearby.

The best thing was, on both days, to listen to the Orchester Wiener Akademie, under maestro Martin Haselböck's direction, playing Mozart.
As for Kaufmann, he sang beautifully for the mikes, meaning, not much was heard in the theater. On the other hand, he looked scrumptious, in ponytail, riding breeches and boots and a white open shirt. Pictures were forbidden that evening, but how could I resist temptation?

8 comentários:

Mário disse...

1000 vezes LOL !

Então o jantar de sábado não havia de ser com ELE ? Bem se diz que não temos jeito para refilar.



Gi disse...

Mário, "ele" só esteve na terça-feira. No sábado estaria em Salzburgo, suponho, entre récitas do Don Carlo.

Catarina disse...

Que experiência! : )

Fanático_Um disse...

Gabo-lhe a coragem Gi! Eu gosto muito de ouvir o Kaufmann mas sempre imaginei que seria mesmo uma seca.

Gi disse...

Catarina, :-)

Gi disse...

Fanático_Um, foi mesmo para experimentar uma coisa que não conhecia. Agora já sei como funciona.

Paulo disse...

Espero então que o filme saia.
(E acho mal que não se tenha arranjado ao menos um cafezinho com o Jonas.)

Gi disse...

Paulo (bem regressado!), eu também achei mal. E até pode ser que quem ficou até ao fim tenha podido falar com ele, mas eu saí antes porque tinha de voltar à mourama nessa noite.