quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Ironia

How Are We to Live is a collection of short stories, not a novel. This in itself is a disappointment. It seems to diminish the book’s authority, making the author seem like somebody who is just hanging on to the gates of Literature, rather than safely settled inside.

Alice Munro, Prémio Nobel da literatura 2013, aclamada como master of the contemporary short story, in Fiction.

6 comentários:

Mário Gonçalves disse...

Estou a ler 'Dear Life'. Não muito entusiasmado, na verdade.

Gi disse...

Mário, eu só li este Fiction e achei o fim decepcionante.

Catarina disse...

Acabei de ler há poucos dias O Amor de uma boa mulher e gostei.
Há muito que fazia parte da lista dos candidatos ao Nobel. Tem ganho vários prémios a nível nacional.
Talvez a próxima seja Margaret Atwood

luisa disse...

Ainda não li nada de Alice Munro. Mas estou com vontade de o fazer. Nobel oblige. :)

Gi disse...

Catarina, duas autoras canadianas de seguida? Seria engraçado.

Gi disse...

Luisa, não sei porquê não costumo dar grande importância ao Nobel.