quarta-feira, 20 de abril de 2016

Um ano de segundas-feiras

Finalmente completei este projecto: durante um ano, entre solstício de Inverno e solstício de Inverno, a caminho do trabalho, aproximadamente à mesma hora de segunda-feira (sete e meia da manhã), parei no mesmo sítio para fotografar o sol a nascer sobre o mar.
As fotos foram feitas com o telemóvel, sem filtros ou alterações excepto, em alguns casos, o acerto da linha do horizonte, já que tenho tendência para fazer escorregar as coisas para um dos lados...

Anyway... Acabei de juntar as fotos em sequência cronológica, pôr-lhes a marca de água (que tanto desespera a Catarina) e juntar-lhes o adagio da Gran Partita de Mozart, e aí está.
Para quem fizer contas e achar que faltam segundas-feiras, lembro que durante as férias o projecto sofreu inevitáveis interrupções.

7 comentários:

luisa disse...

Adorei esta ideia e o seu resultado. Excelente para afastar o "monday blues". :)

Catarina disse...

Bem… a marca desta vez não foi “colada” no meio da foto!!! : ))

Esta foi uma ideia giríssima! Gostei.
E da música tb!

Mário Gonçalves disse...

A essa hora nunca estou a pé, Gi. Obrigado por me mostrar o que nunca vejo... muito bem feito, apesar da marca :D

Fanático_Um disse...

Uma ideia fantástica e imagens muito bonitas. Também eu sou um madrugador, mas não tenho este tipo de paisagem no horizonte. E associo-me à Catarina na implicação com a marca de água! (Desculpe Gi).

Gi disse...

Muito obrigada a todos.
A marca de água é uma defesa... Não é que as minhas fotos sejam tão especiais que alguém as queira roubar, mas é que me irrita o uso frequentíssimo de fotos sem a respectiva atribuição.

João Afonso Machado disse...

Bonita sequência muito bem acompanhada musicalmente.
Parabéns, Gi!

Gi disse...

Obrigada pelo elogio, João Afonso.