quinta-feira, 3 de julho de 2014

Château d'Amboise

Amboise, à beira do Loire, tem origem galo-romana, cresceu em importância a partir da idade média nas guerras entre os senhores feudais e o rei de França, e o seu castelo foi residência real, durante temporadas mais ou menos longas, desde que Charles VII o confiscou (outra vez ele!) até ao reinado de Louis XIV.


Ao longo da sua história o castelo sofreu muitas alterações, acrescentos e destruições. As duas alas da residência são de épocas sucessivas: à esquerda, o estilo é gótico, à direita, renascentista.


A capela de Saint Hubert foi o verdadeiro objectivo da minha visita.


(Amboise, Junho 2014)

Mais precisamente o seu interior: é lá que está sepultado Leonardo da Vinci, que viveu em Amboise, a convite do rei François I, os últimos anos da sua vida.

6 comentários:

Catarina disse...

Lindo. Gosto muito de visitar castelos. Tb visitei alguns quando fui a França há poucos anos.
Não sabia que Da Vinci se encontrava sepultado aí.

Mário Gonçalves disse...

Uma jóia. E o Clos-Lucé, a seguir :) ?

(e que tal os arranjos florais no castelo, Gi ?)

Gi disse...

Catarina, também gosto, se tiverem conteúdo e história.

Gi disse...

Mário, em relação ao Clos-Lucé, para já tenho de contentar-me com o seu post.

Confesso envergonhada que reparei pouco nos arranjos florais,excepto na capela e na sala do conselho; julgo que predominavam os lírios.

Paulo disse...

Entre muitas outras coisas, temos este gosto em comum: a peregrinação.

Gi disse...

Et tu, Paule?
;-)