sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Omissão

Os jornalistas portugueses prosseguem a narrativa angustiante da guerra entre os partidos de esquerda e de direita.
Omitem a outra guerra que está a ter lugar entre a Opus Dei e a Maçonaria, e que é transversal à anterior.

4 comentários:

Mário Gonçalves disse...

Ouvem-se zunzuns mas não se sabe nada. Eu pelo menos sou completamente 'anjinho' nessa guerra conspirativa. Sabe alguma coisa que possa partilhar Gi ?

Gi disse...

Mário, eu também sou inocente... Mas tudo aquilo em que Mário Soares se mete tem o apoio da maçonaria. O governo do sr. Sousa era dessa ala. Já Guterres, é obra. Lembre-se de quem esteve com eles...
Marcelo é obra, Paula Teixeira da Cruz também, por isso deduza o resto.
No PCP e no Bloco também os há, mas é mais difícil identificá-los.

Mário Gonçalves disse...

Não sabia do Marcelo. Boa, já não voto nele, tenho asco à obra.
Vá-me informando, ajuda-me a reduzir o leque de votáveis... o Nóvoa será da seita dos aventais ?

Gi disse...

Só pode. Lembre-se de quem esteve a apoiá-lo no lançamento da candidatura.
A Maria de Belém aparece do outro lado e baralha as contas.