sábado, 26 de dezembro de 2009

Presentes de Natal

O Jr recebeu dois presentes este Natal: uma camisola que fará o sacrifício de vestir nos dias mais frios, e um brinquedo que ele adora destruir à dentada e por isso só lhe é concedido em curtos períodos de recreio.

(Albufeira, Dezembro 2009 e Janeiro 2007)



Se ele tivesse escolha, se calhar devolveria, trocaria ou re-ofereceria a camisola. Para nós, humanos, que raramente admitimos mas detestamos metade das surpresas que nos fazem, o Telegraph tem sugestões úteis sobre o destino a dar aos presentes não desejados.

3 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Eu admito sem qualquer reserva: odeio praticamente todas as surpresas que me fazem.

Moura Aveirense disse...

Metade não digo... mas há (quase) sempre um presente de Natal que recebo que é perfeitamente inútil e dispensável.

Paulo disse...

O Júnior a brincar!