terça-feira, 13 de setembro de 2011

Perugia

Conheci Perugia há muitos anos, na primeira viagem que fiz a Itália. Frequentei informalmente a Università per Stranieri, visitei a cidade e os arredores, fiz amizades qua ainda duram e outras que se perderam, vivi all'economia, subi muito e desci muito pouco, comi gelados na geladaria ao fundo do Corso Vanucci.


Voltei agora. A geladaria ainda lá está, assim como a Fontana Maggiore e os belíssimos palácios trecentistas. Desta vez as minhas pernas foram poupadas graças às escadas rolantes da Rocca Paolina.


A história de Perugia é muito anterior à Idade Média: também ela foi etrusca, depois conquistada pelos romanos, e teve um papel crucial nas disputas de poder entre Marco António e o futuro imperador Augusto: ali se refugiaram o irmão e a mulher de António à frente das suas tropas, e ali foram derrotados, sendo a cidade arrasada, e mais tarde reconstruída por Augusto.

Um outro detalhe engraçado: o pão perugino é insonso. É uma tradição antiga, desde que, em conflito com o Papa Paolo III, a cidade recusou pagar um imposto por este lançado sobre o sal.


(Perugia, Setembro 2011)

10 comentários:

Mário disse...

Magnífica cidade, Gi, também ando com desejos de aí voltar.

Por mais que Berlusconi a insulte, a Itália será sempre o mais belo país do mundo.

Desfrute, e tenha bom tempo.

Moura Aveirense disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh, a bela Perugia! :) Consegui aguçar-lhe o apetite com as minhas fotos de Maio deste ano ;)

luisa disse...

Muito interessante e gostei do detalhe do sal... é portanto uma cidade sem hipertensos... :))

FanaticoUm disse...

Perugia e tantos tantos outros locais... a Itália é o país da Europa em que mais há que apreciar: a história, as cidades, as paisagens campestes, as igrejas, os museus, as ruas, os italianos, a belíssima língua, a gastronomia, e tanto mais...
Confesso que é um dos meus países preferidos

Catarina disse...

Pormenor muito interessante a do pão sem sal.
A cidade de ser, de facto, encantadora. Vou ler mais sobre ela.

Gi disse...

Mário, já estou de regresso. O tempo esteve óptimo, tive sorte.

Moura, pois é, devem ter-me ficado no subconsciente :-)

Luisa, pelo menos a hipertensão deve ser mais fácil de controlar ;-)

FanaticoUm, a Itália tem tudo. Um país a levar para a proverbial ilha deserta ;-)

Catarina, é encantadora e tem tantas outras coisas para ver ali bem perto.

mfc disse...

Gostei muito deste passeio guiado por Perugia...

Gi disse...

Mfc, fico contente :-)

Paulo disse...

Estou a precisar de fazer novamente il viaggio in Italia. Fico com água na boca com as recordações das escadas rolantes da Rocca Paolina, vê tu bem. Ora, se eu tinha uns vinte e dois, deve ter sido há uns cinco ou seis, vá.

Gi disse...

Paulo, cinco ou seis anos ;-) é demasiado tempo para passar sem ir a Itália.
Pensei sempre em ti ao escalar a Rocca Paolina.