segunda-feira, 23 de abril de 2012

Um cão em Inglaterra

Há uma ideia que os ingleses gostam muito de cães, mas não sei se é assim. Tal como os portugueses, os restaurantes de Londres dizem que a lei os proíbe de aceitar a entrada de cães, o que não é verdade como não é . O hotel em que ficámos pôs-nos num quarto na cave (embora com janela) e não se vêem cães a passear na rua com os donos, ao contrário do que é comum nos países civilizados do continente.

Para além disso, apesar de a União Europeia os ter finalmente convencido a deixar entrar no país cães identificados e vacinados sem exigirem quarentenas nem testes serológicos, ainda não se consegue levá-los na cabine de um avião, que é o normal até para a terra dos trolls.




Assim, o Jr teve de viajar de ferry e a sua primeira visão de Inglaterra foi, como a de César, as colinas brancas de Dover.



(Dover, Abril 2012)




Depois andou a passear pelos lugares turísticos, com o sucesso habitual.

(London, Abril 2012)

E como, afinal, em Roma se deve agir como um Romano, foi passear no parque e aí socializou com os cães residentes.

17 comentários:

Moura Aveirense disse...

:) Cute!

Gi disse...

Thanks :-)

beijo de mulata disse...

Delicioso, Mr. Jr tem certamente pedigree!

(um) beijo de mulata

Mário disse...

Que coisinha fofa! e que bem fica ao lado do Big Ben! Grande foto, Gi.

Gi disse...

Beijo de mulata, tem pedigree até à oitava geração :-)

Gi disse...

Mário, obrigada :-)

Joao Quaresma disse...

A última foto é um momento Phileas Dogg :)

Fanático_Um disse...

O bicho é lindíssimo, como já se tinha visto anteriormente. Mas se a fotografia com o Big Ben é vistosa, a tirada em Dover é muito mais expressiva!

Catarina disse...

Sei de um cão (canadiano) ao qual “lhe” foi exigido quarentena quando foi para Inglaterra no ano passado. Não foi autorizado a viajar na cabine, de facto, não!

Gi disse...

JQ, eu bem gostava de levar o Jr a dar a volta ao mundo, mas algumas viagens são demasiado compridas. Para Oriente nunca foi.

Gi disse...

Fanático_Um, obrigada. Ele não gosta de ser fotografado, infelizmente.

Gi disse...

Catarina, a lei inglesa ficou mais amigável este ano, mas mesmo assim tem requisitos específicos.

Nadinha disse...

LOL: JR, o do Dallas?

Gi disse...

Olá Nadinha! É Jr, e não tem nada a ver :-)

Rachelet disse...

Mas eu já vi cães (um yorkie já não me lembro em que voo e um caniche para Genebra) a viajar nas transportadoras com as donas (o caniche até dormiu em cima da dona o voo todo) em voos Ryanair. Será que pagaram extra?

Gi disse...

Rachelet, isso é muito estranho. A Ryanair avisa no seu website que não transporta cães a não ser cães-guia e nem sequer em todas as rotas.
De resto, viajar com cães dá sempre lugar a pagamento extra, e não é nada barato.

Rachelet disse...

Pois, se calhar é coisa recente (eles são conhecidos por andarem constantemente a impor cada x mais restrições). O yorkie foi pouco depois de me mudar para o Porto e o caniche foi há 2 anos... Mas lá que é uma parvoíce, lá isso...