domingo, 30 de agosto de 2009

Cão que nada

O Jr aprendeu finalmente a sair da piscina, e agora parece que até acha graça à natação, ele que sempre disse que a água só serve para beber e mais nada.

(Albufeira, Agosto 2009)

9 comentários:

JAM disse...

Continuo a tentar lidar com o seu blog (o 2º que visito, depois do 31A)
Hoje os meus perdigueiros, depois de uma estafadela no campo, banharam-se numa enorme poça coberta de limos verdes e povoada por milhares de rãs.

JAM disse...

Parece que isto vai bem. O banho - merecidissimo porque aqui no interior o calor está demais. Como o vai apanhar lá para os Mediterrâneos.
Boa sorte
Vou agora a uma leitura de final de noite

Gi disse...

JAM, depois desse banho na lagoa, não lhes deu outro ao chegar a casa?
Aqui também tem estado muito calor, e o Jr fica todo esbodegado, pelo que um banho, mesmo contra vontade dele, o desperta.

JAM disse...

Não. Os perdigueiros nacionais tem o pêlo muito curto. E não são própriamente cães de companhia. Para mim por acaso quase filhos. Mas isso não tira que quanto mais champô, mais necessidade dele para afastar o cheiro natural. Na cidade, quando os tenho lá, nunca banho senão quinzenal.
Quem sofre são eles, depois, na sua epiderme.

Van Dog disse...

Uauff!

Gi disse...

JAM, banho quinzenal não me parece nada mal.

Van Dog, uauff para ti também :-)

mfc disse...

Que giro!

Moura Aveirense disse...

O meu Gil não tem essa coragem :)

Rachelet disse...

Que coisa mais riquinha! É incrível como eles já nascem ensinados para nadar... já nós...