segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Espumantes zen

Há dez anos visitei a Quinta dos Loridos, uma simpática herdade na região do Bombarral que fazia uns agradáveis vinhos brancos e uns espumantes muito aceitáveis.

Calculo que ainda os faça, mas agora parece ter-se transformado, por iniciativa de Joe Berardo, numa espécie de Museu do Oriente mais grandioso: aliás no site respectivo fala-se em 35 hectares com cerca de 6000 toneladas de mármore e granito, budhas, lanternas, estátuas de terracotta, e várias esculturas entre as quais 700 soldados de terracotta.

(Albufeira, Julho 2009)


Que Berardo gostava de chinesices já me tinha apercebido da última vez que visitei os jardins do antigo hotel Monte Palace na Madeira. Pessoalmente, dispenso. Será que uma garrafa de Loridos brut de 1993 ainda está boa para uma hidromassagem?

4 comentários:

Paulo disse...

Duvido, Gi. Já não deve ter borbulhas.

Joao Quaresma disse...

A boa notícia é que o Joe está com as finanças ligeiramente falidas. Pode ser que as chinesices ainda venham a ser demolidas.

JB disse...

:DDD

Xantipa disse...

Estiveste na minha terra há 10 anos, portanto...
:)
Bj