sexta-feira, 21 de maio de 2010

Pagar

Leio os jornais, oiço as notícias na televisão e diante de tanta confusão e mentira tenho vontade de vomitar.

E não me digam que ignore: é neste país que vivo, que trabalho, que pago impostos. E os meus impostos pagam, não já as viagens dos deputados, as comissões de inquérito, as obras de construção civil supérfluas, os fatos do primeiro-ministro, mas somente os juros da dívida que o país contrai para pagar tudo isso.

4 comentários:

Mário disse...

E depois do vómito,

a) não se pode pô-los todos em tribunal? "caso: O povo português contra os gastos sumptuosos dos governantes". Faltam testemunhos? Faltam provas?

b) - e não se pode deixar de pagar? Por exemplo, ai o Barclay já não finança? Vamos ao Brasil ou à Arábia Saudita! Até Angola deve estar desejosa de comprar a nossa dívida...:))))

Gi disse...

Mário:
a) Eu punha, mas deve ser caro. Mas advogado se calhar até se arranjava.
b) 1. Se não pagarmos, ninguém nos fia, e comemos o quê?
b) 2. Porque quereria Angola comprar a nossa dívida? Já manda no Benfica...

juliana disse...

Infelizmente é isso mesmo.
Trabalhamos e o dinheiro cada vez dá para menos.
Esticar a gente estica.
Eu já cortei em muitas coisas.
Vou ouvindo música na internet e passeando por aqui.

Gi disse...

Juliana, esperemos que os cortes e os esticões do governo sirvam para alguma coisa.